“MALHAÇÃO – SONHOS”: Um olhar sobre a estreia

Posted on 16/07/2014 à 13:31 PM por

0



malhação-sonhos

Portal Overtube – Após um breve recesso durante a Copa do Mundo, as aventuras adolescentes de Malhação voltaram ao ar na tarde na última segunda (14) em nova temporada, trazendo poucas diferenças à fórmula clássica e quase imutável ostentada há quase 20 anos. Mesmo longe de ofuscar a grande estreia da emissora na mesma data – O Rebu, às 23h – Malhação merece atenção pelo texto ágil, dinâmico e eficaz em dialogar com o público a que se dirige.

A nova temporada aposta em conflitos comuns ao cotidiano dos adolescentes, como a paixão platônica da masculinizada Karina (Isabella Santoni) pelo melhor amigo, Duca (Arthur Aguiar) e a determinação de Bianca (Bruna Hamú) em estudar teatro apesar da oposição do pai. Nada muito diferente do que se viu no início das duas fases anteriores, as quais também pretendiam apostar em enredos mais factíveis, mas logo viram a audiência despencar e acabaram logo aderindo a histórias com mais impacto e carga dramática. Por que apostar novamente em um artifício que já deu errado mais de uma vez? Será que a Malhação atual terá o mesmo destino das outras? É esperar para ver.

O quê de novidade fica por conta da ambientação. Ao invés do colégio, a ação vai transcorrer entre uma academia de boxe e uma escola de artes, que dividem o mesmo edifício e de certa forma rivalizam entre si. A qualidade do texto de Rosane Svartman – cuja afinidade com a audiência juvenil já ficara comprovada na temporada de 2012 do programa – e Paulo Halm casa bem com a direção de Luiz Henrique Rios, que dá um ar de frescor e descontração ao dia-a-dia dos personagens. Mesmo reciclando velhos clichês do gênero, a história ganha charme através da maneira de ser contada. É a boa e velha Malhação de sempre, com um leve sabor de novidade.

As “jovens promessas” do elenco – outra tradição do programa – são outro ponto a favor. Isabella Santoni e Rafael Vitti estão entre os que mais merecem atenção, bastante afinados e espontâneos como a explosiva Karina e o divertido Pedro. Bruna Hamú, a mocinha, é bonita e tem naturalidade, apesar de ter sido difícil engoli-la sendo aplaudida de pé por sua performance de Romeu e Julieta em um teste de teatro. Arthur Aguiar, um dos mais experientes do elenco (já atuou em Rebelde e Em Família), tampouco faz feio na pele de Duca, mas ainda não se destacou em cena. No elenco adulto, Eriberto Leão já se pode considerar o maior destaque, vivendo o treinador de muay thai Gael, embora o personagem em si soe um pouco forçado na pose excessivamente rude.